Power One Piece
Bem-vindo!
Bem-vindo!

Seja muito bem-vindo ao fórum de RPG voltado para o mundo de One Piece! Aqui você pode criar seu personagem e aventurar-se pelas ilhas, interagir com outros jogadores e mais!
Últimos assuntos
» Recomeçando, Vagas e Ideias Gerais!
Sex 06 Jan 2017, 3:16 am por Sakoto

» Apresentação de Minha Pessoa
Seg 15 Jun 2015, 1:59 pm por Sakoto

» Ahoy amigos!!!!
Sex 26 Dez 2014, 9:17 am por Sakoto

» Urgente para quem ainda estiver vivo!!!!
Qui 17 Jul 2014, 11:07 pm por macazeus

» Um dia especial
Qui 29 Maio 2014, 8:48 pm por Zaraki

» Sobre o Evento
Sab 17 Maio 2014, 7:41 pm por Hizumy

» Ausência!
Dom 11 Maio 2014, 10:10 pm por macazeus

» [01] Trabalho, espadas e amizade!
Sab 10 Maio 2014, 1:44 pm por Hizumy

» Apresentação Kira
Sex 09 Maio 2014, 8:52 pm por Red D. Bloody

» [Aventura] Primeiros passos rumo ao topo.
Dom 04 Maio 2014, 9:15 pm por Pedro L. Panigassi

Vagas
!Vagas!
1/5
Facebook do POP!
!O Facebook oficial do P.O.P!

Esperamos que visite a nossa página e nos acompanhe diariamente! Além disso, queremos a sua ajuda para espalhar o nosso fórum pelo mundo digital através das redes sociais! Visite a nossa página do "face": Power One Piece RPG!
Parcerias
!Parcerias!

VC Yaoi

AH NEW CREEPYPASTA !

Página 1 de 6 1, 2, 3, 4, 5, 6  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

AH NEW CREEPYPASTA !

Mensagem por Black.D.Mana em Qui 26 Jul 2012, 6:01 pm


-----------------------------------------------------------

(Rules of nature)

And they run when the sun comes up
With their lives on the line
(Alive)
For a while
(No choice)
Gotta follow the laws of the wild
(Alive)
With their lives on the line
(No choice)
Out here only the strong survive

What’s done is done
Survived to see another day
The dance of life
The hunter and the agile prey
No guarantee
Of which of them will succeed
Strong or weak
avatar
Black.D.Mana
Civil

Mensagens : 864
Pontos : 1063
Reputação : 2
Data de nascimento : 01/10/1999
Data de inscrição : 27/06/2011
Idade : 18
Localização : Loguetown

http://onepiececoliseum.forumeiros.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: AH NEW CREEPYPASTA !

Mensagem por Black.D.Mana em Qui 26 Jul 2012, 6:33 pm

A causa das motes em Pokemon !

Durante os primeiros dias desde o lançamento de Pokemon Red e Green no Japão, no dia 27 de fevereiro de 1996, houve um aumento substancial nas mortes de adolescentes entre 10 e 15 anos.
As crianças eram geralmente encontradas mortas por suicídio, quase sempre pulando de alturas vertiginosas. Algumas, no entanto, foram ainda mais bizarras. Em alguns casos crianças serraram seus lábios, outros colocaram o rosto dentro do forno ligado, e umas poucas asfixiaram-se enfiando o braço na própria garganta.
Aquelas que foram salvas antes de cometerem suicídio, mostraram um comportamento disperso e aleatório. Quando questionadas sobre o porquê de tentarem se machucar, elas apenas respondiam em gritos caóticos e tentavam arrancar os próprios olhos. Uma das poucas ligações lógicas entre os casos, era o GameBoy. Elas não costumavam falar nada, mas quando alguém mecionava sobre Red ou Green, os gritos surgiriam e elas fariam qualquer coisa para deixar o quarto onde estavam.

As autoridades confirmaram que os jogos suspeitos tinham, de alguma forma, uma conexão com as mortes. Era um caso estranho, por que muitas crianças que possuíam o mesmo jogo não mostravam nenhum comportamento anormal. A polícia não tinha escolha além de seguir esta pista, já que não contavam com outra alternativa.
Coletando todos os cartuchos que as crianças haviam comprado, eles selaram e guardaram tudo, como forte evidência para futuras referências. Decidiram primeiramente falar com os próprios programadores. A pessoa com quem falaram foi o diretor dos jogos originais, Satoshi Taijiri. Quando informado sobre as mortes por trás dos jogos, ele parecia um pouco desconfortável, mas não admitia nada. Ele conduziu os policiais aos principais programadores do jogo, pessoas responsáveis pelo conteúdo.

Os detetives conheceram Takenori Oota, um dos chefes da programação. Direfentemente de Satoshi, ele não parecia desconfortável - apenas muito conservado - explicando que era impossível usar algo como um jogo para causar tantas mortes, também utilizando o argumento de que nem todas as crianças foram afetadas, ele culpou o incidente a algum tipo de coincidência excêntrica, ou histeria em massa. Ele parecia estar escondendo algo, mas não dava chances para suspeitas. Finalmente disse algo interessante.
Takenori ouviu um rumor sobre a música de Lavender Town, um dos lugares no jogo que acabou deixando algumas crianças doentes. Era o único rumor que não tinha explicação.

Ele direcionou os detetives a Junichi Masuda, o compositor das músicas da série. Masuda também ouviu os boatos, mas novamente afirmou que não havia evidência de que sua música era a causa. Para comprovar, ele tocou exatamente o som do jogo e demonstrou que nem os detetives nem ele próprio sentiram algo estranho: a música não afetou ninguém. Apesar de ainda terem suspeitas em Masuda e sua música de Lavender, parecia que chegaram a mais um beco sem saída.
Voltando para os cartuchos que apreenderam das casas das crianças, eles decidiram olhar os jogos mais diretamente. Viram os nomes dos personagens, geralmente "Red", ou outro nome simples, no entanto, o interessante estava no tempo jogado e o número de Pokemons que eles haviam capturado. Os investigadores chegaram à estonteante percepção de que não foi a música de Lavender que causou tantos efeitos maléficos nas crianças, era impossível chegar àquela parte do jogo em tão pouco tempo e com apenas um Pokemon em seu inventário. Isso levou-os a concluir que algo no início do jogo tinha que ser o responsável.

Se não era a música, deveria ser algo dentro dos primeiros minutos do jogo. Eles não possuíam escolha além de deixar os jogos de lado e voltar aos programadores. Pedindo uma lista de toda a equipe para Takenoshi, eles descobriram que, surpreendentemente, um daqueles programadores tinha cometido suicídio logo após a liberação do jogo. Seu nome era Chiro Miura, um homem muito obscuro que contribuiu com pouco para o jogo. Mais interessante ainda, ele pediu que seu nome não aparecesse nos créditos do jogo e assim foi feito.
Procurando por evidências no apartamento de Chiro, eles encontraram muitas anotações em marcador permanente. A maioria estava amassada ou riscada, dificultando a leitura. As poucas palavras que eles conseguiram encontrar na bagunça eram "Não entre", "Cuidado" e "VENHA, SIGA-ME" em negrito. Os detetives não sabiam ao certo que isto significava, mas sabiam que tinha alguma ligação. Pesquisando mais, descobriram que Chiro era grande amigo de um dos designers de mapas, Kohji Nisino. Desde a morte do amigo, ele havia se trancado em seu apartamento, saindo raras vezes durante a noite para buscar algo que poderia precisar. Ele disse aos amigos e familiares que estava em luto pelo seu amigo Chiro, mas não fazia muito sentido, já que os relatos indicavam que ele se trancou pouco antes de Chiro se matar.

Foi complicado, mas as autoridades finalmente persuadiram Nisino a falar. Parecia que ele não havia durmido há dias, com anéis escuros embaixo dos olhos. Ele fedia, suas unhas cresciam sujas e seu cabelo estava oleoso, grudando na testa e nuca. Falava em murmúrios, mas pelo menos tinha algo a dizer. Quando questionado se sabia de alguma coisa sobre as crianças que morreram depois de serem expostas ao jogo e como isso teria conexão, ele respondia cautelosamente, escolhendo bem suas palavras antes de responder. Disse que seu amigo Cirno teve uma idéia interessante para o jogo: algo que ele queria tentar desde que ouviu que o projeto estava começando. Nisino conhecia Takenori, o diretor e programador principal, há muito tempo, então ele poderia facilmente colocar um programador medíocre no projeto com um pouco de persuasão. Chiro convenceu Nisino a colocá-lo no projeto.

Nissino, durante toda a conversa, parecia ficar mais arrasado a cada pergunta. Os detetives forçavam-no mais e mais, procurando totalmente em sua mente por qualquer rascunho de conhecimento que este homem teria sobre o jogo e as intenções de Chiro.
Foi quando perguntaram sobre as anotações encontradas na casa de Chiro que ele entrou em colapso. Debaixo do sofá onde Nisino estava, ele puxou uma pistola, apontando diretamente para a polícia enquanto se afastava alguns passos. Tão rápido como começou, ele levou a pistola ao rosto.
"Não me siga..." murmurou Nissino enquanto enfiava a pistola na boca e puxava o gatilho. Foi muito rápido para a polícia ter qualquer reação. Estava feito. Nisino suicidou-se, repetindo o que estava escrito nos papéis de Chiro.

Parecia que o caso não teria resolução. O time que criou o jogo original estava se dispersando e tornando mais difícil de encontrar. Era como se eles estivessem tentando guardar um segredo. Quando a polícia finalmente conduziu uma conversa com alguns dos programadores ou qualquer outra pessoa que contribuiu com partes do jogo, mesmo os mais obscuros designers de monstros, parecia que eles não tinham nada de interessante a dizer. A maioria nem conhecia Chiro, os poucos que conheciam, só viram uma ou duas vezes enquando ele trabalhava em seu próprio projeto. Ao longo de tudo isso, a única confirmação era que Chiro foi o responsável pelas partes iniciais do jogo.
Passara, alguns meses depois que as primeiras crianças cometeram suicídio e a taxa de mortes diminuiu significativamente. Parecia que o jogo não estava mais causando aqueles efeitos bizarros nas crianças. O recolhimento dos jogos foi cancelado. Eles começaram a acreditar que talvez Takenori estivesse certo e tudo não passava de uma coincidência ou histeria em massa... até que recebram a carta.

Ela foi dada a um dos próprios detetives diretamente na rua. Uma mulher o deu a carta: ela parecia muito fraca, magra e doente. Deu a carta para ele rapidamente, dizendo que era algo que precisavam ver e, sem mais nenhuma palavra, desapareceu na multidão. O detetive levou ao seu escritório, chamou os outros, abriu e leu em voz alta.
Era uma carta escrita pelo próprio Chiro, mas que não foi encontrada em seu apartamento. Eles haviam limpado o local procurando pistas e respostas, então de onde quer que a carta tenha vindo, não foi pêga na casa dele. Estava assinada para ser dada a Nisino. Começou um pouco formal, um "olá", "como vai você", "lembranças à família", essse tipo de coisa. Depois de um ou dois parágrafos normais, eles chegaram a uma parte onde Chiro pedia a Nisino que colocasse-o no time do jogo. Uma posição de programador no Red/Green.

Conforme a carta ia continuando, a caligrafia parecia ficar mais distorcida. Ele falava de uma idéia gloriosa, uma maneira de programar algo nunca visto em nenhum jogo. Disse que certamente não iria revolucionar apenas a indústria dos jogos, mas tudo ao redor. Ele começou a dizer que era muito simples programar essa idéia no jogo. Nem sequer deveria adicionar qualquer programação estrangeira, poderia usar a que já estava no próprio jogo. Neste momento, os detetives percebram que isso tornaria impossível detectar qualquer obscuridade na programação. Era a maneira perfeita de esconder qualquer coisa.
A carta terminava abruptamente. Não havia "adeus", nem "diga oi para a família", sem notas, sem agradecimentos. Não havia nada disso. Era apenas seu nome escrito de maneira tão rígida no papel que quase o rasgou: "Chiro Miura".

Essa foi a peça final que os detetives procuravam. Não havia mais suspeitos no caso. Chiro programou algo nas primeiras partes do jogo - algo enlouquecedor. Para aumentar as chances de sucesso, o time de programação teria que trabalhar em pares, até o próprio Chiro. Seu parceiro era Sousuke Tamada. Se alguém conhecesse o segredo do jogo, esse teria que ser Sousuke. Esta era a última esperança de desvendar todo o caso de uma vez por todas.
Eles descobriram que Sousuke teria providenciado muito da programação do jogo e parecia ser alguém normal, um cara bom e trabalhador. Os detetives foram facilmente recebidos em sua casa, um lugar simpático, entraram pela sala de estar, onde sentaram. Sousuke não sentou, no entanto. Ele estava perto da janela do piso do segundo andar, olhando para a rua movimentada. Sorria um pouco.

Não houve testemunhas para os eventos que se sucederam. A única coisa que sobrou desta conversa foi uma gravação na mesa em frente aos dois detetives que estavam encarregados de falar com Sousuke. O que segue, é a gravação sem edições:

"Sousuke Tamada, por quais partes você foi responsável nos jogos Pokemon Red e Green?", perguntou o primeiro detetive.
"Eu era programador". Sua voz era leve e amigável, quase amigável demais.
"É correta a informação de que os programadores trabalhavam em times?", perguntou o detetive.
Pôde-se ouvir o som de pés se movendo no chão, vagarosamente. "Você está certo", disse Sousuke depois de um momento de silêncio.
"E o nome de seu parceiro era--", o detetive foi interrompido pela voz misteriosa de Sousuke. "Chiro Miura... Este era seu nome, Chiro Miura".
Outro momento de silêncio, parecia que os detetives estavam desconfiados com esse homem. "Você poderia nos dizer se Miura alguma vez agiu estranho? Algum comportamento particular que você observou enquanto trabalhavam juntos?"
"Na verdade, eu não o conheço tão bem. Nós não nos encontrávamos frequentemente, apenas uma vez ou outra para trocar dados, ou quando o time inteiro era chamado para relatório... Eram as únicas vezes que eu realmente o vi. Ele agia normal tanto quanto eu poderia dizer. Ele era um homem baixo, eu acho que isso afetou sua consciência... ele agia de maneira mais fraca do que qualquer outro homem que conheci. Mas ele estava disposto a fazer muito mais trabalho para ganhar reconhecimento, disso eu sei."

Silêncio. "Sim?" perguntou o detetive, forçando-o a continuar. "O que você acha?"
"Eu acho que ele era um home muito fraco. Acho que ele queria provar algo para si mesmo, independentemente do que teria que fazer...acho que ele queria fazer seu próprio reconhecimento por algo especial, algo que pudesse fazer as pessoas esquecerem sobre sua aparência e prestar atenção na poderosa mente que vivia dentro de sua cabeça... Infelizmente, porém... hihi... ele não tinha muita 'mente' para continuar seu projeto."
"Por que você diz isso?", perguntou o segundo detetive.
"Bem, é a verdade", respondeu Sousuke rapidamente. Seus pés poderiam ser ouvidos se movendo pelo piso. "Ele não tinha nada de especial, por mais que quisesse acreditar nisso. Você não pode ter grandeza, mesmo se acreditar nisso. É impossível... de alguma forma, eu acho que o próprio Chiro sabia disso, em algum lugar dentro dele, sabia que era verdade."
Os detetives estavam em silêncio novamente, não sabiam como manter a conversa. Depois de um momento, eles continuaram. "Você poderia nos dizer qual era a parte do jogo que Chiro era encarregado? Em que ele trabalhava exatamente?"
Sousuke respondeu mais rapidamente que antes. "Nada... quero dizer, nada importante. Ele trabalhou em algumas partes obscuras no início do jogo". Uma pausa, então mais um pouco de informação. "Era a parte do Professor Carvalho, para ser exato. Ele trabalhou em algumas peças do Carvalho... quando ele te vê pela primeira vez..."
"O quê mais?" forçou o policial. Sousuke sabia de mais alguma coisa, eles poderia ouvir em sua voz. "Sabemos que você tem conhecimento sobre as mortes das crianças. Sabemos que foi Chiro o responsável, ele programou alguma coisa no jogo."

"O que você está insinuando?" perguntou Sousuke. Parecia que ele estava tentando manter a voz.
"Estamos insinuando que, se você foi parceiro de Chiro, então tem mais informações. Se está escondendo algo de nós, você poderia ser responsável pelas mortes daquelas crianças tanto quanto o próprio Chiro!"
"Vocês não podem provar nada!", gritou Sousuke.
"Diga-nos o que Chiro fez ao jogo!"
"ELE FEZ O QUE EU O MANDEI FAZER!!!"

Silêncio. Completo silêncio.

"Vocês querem saber, huh?", perguntou Sousuke finalmente quebrando o terrível silêncio. "Vocês querem saber sobre o quê tudo isso se trata? Chiro era um idiota! Ele faria qualquer coisa por um pouco de atenção, QUALQUER COISA. Ele não poderia programar uma m*rda sequer. No entanto, a única coisa que ele sabia fazer, era ser manipulado. Você diria o que ele deveria fazer e ele o faria. Nem mesmo questionaria. Apenas ouvir aquele agradecimento quando ele recebe o produto acabado era sua maior satisfação. Tudo que ele queria."

Dois clicks vieram dos detetives, armas poderia ser ouvidas.

"Eu poderia controlá-lo sem problemas. Ele era muito parecido com Takenori... vocês não sabiam disso, é claro, mas eu fui quem trouxe toda a idéia do jogo. A idéia da operação inteira. Eu apenas disse ao meu companheiro o que fazer, e ele me seguiu sem questionar, Ele não sabia de nada, assim como Chiro."

O som de uma janela abrindo poderia ser ouvido. Os detetives apontaram as armas para Sousuke

"Não se mova! Ou iremos atirar!"
"Deixe-me contar uma coisa sobre a mecânica do jogo", continuou o suspeito. Sua voz estava mais apressada, mas ainda mantinha o vigor. "Considere isso uma dica, ok? Se cvocê andar ao redor das áreas com grama, um Pokemon pode aparecer e você terá a chance de batalhar com ele. É uma parte necessária do jogo todo, sabe?"
"Saia de perto da janela! Nós não avisaremos novamente!"
"No começo do jogo, você tem que andar na grama antes de Carvalho aparecer e você receber seu primeiro Pokemon, entende? Em circuntâncias normais, foi programado que enquanto você estiver nessa área, nenhum Pokemon irá aparecer... eu modifiquei. Manipulei aquele Chiro, disse a ele o que colocar no programa, dei a ele todas as instruções de como proceder. Ele o fez impecavelmente. É raro, mas pode acontecer: ANDAR SOBRE AQUELE GRAMA PODE GERAR..."
"Sousuke, nós não queremos atirar!"
"Atire!!" gritou Sousuke, rindo ao mesmo tempo. "Atirar em MIM? Você é tão patético quanto Chiro! Uma vez que ele encontrou a verdade, não havia volta! Foi tudo sua culpa, no fim das contas. Ele suicidou-se por causa disso! Se você está tão determinado em terminar seu maldito caso, então jogue a porr* do jogo você mesmo! Gire a rode, e quem sabe, você pode descobrir o segredo..."

Um tiro pôde ser ouvido, alto o bastante para distorcer o audio. Sons de gritos e murmúrios. A mesa do gravador estava destruída. Silêncio e então risadas. Sousuke estava rindo, dizendo "Venha, siga-me... venha, siga-me..." e então, nada. O gravador continuou rodando até a fita acabar, mas não havia mais nada.

A polícia havia chegado rapidamente ao local e, para o horror de todos, descobriram Sousuke e os dois detetives mortos. Todos levaram tiros, mas sem depois de lutar. Os detetives tinham sido baleados múltiplas vezes, pelo menos 10 de cada, antes de morrer, levaram tiro no meio dos olhos. O próprio Sousuke estava claramente morto com dois tiros no peito, diretamente no coração. O jogo estava causando um massacre. Pelo menos 100 crianças morreram. Nissino, o amigo inexperado, morto. Chiro, o brinquedo manipulado, morto. Os dois detetives, mortos. E agora, até o criador, o causador desta atrocidade, Sousuke, morto. O jogo estava depurtando todas as intenções originais: ao invéns de entreter, matava a todos que ficavam envolvidos.

O líder da investigação decidiu deixar o caso de lado. Os principais suspeitos estavam mortos, então não havia razões para continuá-lo. Todas as evidências foram trancadas, colocadas na escuridão, onde pertenciam. Durante algum tempo, todos falavam do caso, murmurinhos e fofocas, mas com o passar dos anos, o caso foi se dissolvendo. Eventualmente, ele estava apenas na memória daqueles que o experimentaram de perto.
Dez anos se passaram. 27 de Fevereiro de 2006. O detetive que trancou as evidências anteriormente, estava relembrando o bizarro acontecimento. Na verdade, ele não estava mais no ramo, contudo ainda possuía acesso a todos os arquivos e poderia ajudar quando quisesse. A lembrança o fez voltar e abrir uma caixa selada que escondia todas as provas coletadas.

Ele leu atenciosamente as cartas e as anotações... ele se lembrou da mulher que apareceu na rua segurando aquela carta, que supostamente resolveria o caso inteiro. Imaginou quem ela seria e de onde teria vindo. Talvez fosse a mãe de Chirou ou de Sousuke. Era muito tarde para pensar nisso. Tarde demais...
Selando a caixa novamente, ele viu uma outra atrás dessa. Puxando, ele leu a nota no topo "Evidência #2104A". Abriu e olhou dentro: eram exatamente 104 cartuchos Pokemon Red e Green, todos em perfeito estado... intocados desde o último dia em que foram vistos, 10 anos atrás.

Ele pegou um: Pokemon Red. Não havia visto um por muito tempo. Não sabia o que viria a seguir, mas mesmo assim chegou a uma mesa, pegou um velho GameBoy de dentro da caixa e viu que ainda funcionava. O aparelho era de seu filho, que havia morrido a poucos anos atrás. Sua esposa também partira. Colocando o cartucho na parte de trás do GameBoy, ele ligou o sistema.

A tela inical veio, então a opção "Continue" ou "Start a New Game".
Tanaka. Esse era o nome da criança. Aquela que jogou priomeiro. Ele estava provavelmnte morto, junto com todos os outros.
"New Game"
Estava normal. Ele andou, falou com a mãe e foi para fora. Começou a andar na grama.
Em sua cabeça, ele ainda ouvia as palavras de Sousuke... "Venha, siga-me.."

Estava chegando gradativamente mais perto. Talvez um passo ou dois.

"Gire a roda, quem sabe você pode descobrir o segredo..."

Ele entrou na grama. A tela não fez nada. Nada mesmo. Estava apenas lá, e o detetive completamente paralizado, como se o tempo ao seu redor estivesse congelado. A tela ficou escura e então acendeu novamente. O fundo verde com um texto aparecendo:

"Come follow me, come follow me, come follow me. I miss you dad, I miss you my husband. I miss you so much."

Lágrimas desceram de seus olhos, caindo no peitoral. Telas e mais telas de textos apareciam, ele rapidamente apertava o botão A para continuá-lo. Era sua esposa e seu filho. Eles estavam falando, chamando-o, chorando. Eles queriam vê-lo, eles amavam-no, e ele também.

"Eu também amo vocês", murmurava o homem em um sussurro, a voz rachando.
"Venha, siga-me. Renasça. Nós queremos vê-lo, abraçá-lo e estar com você para todo o sempre e sempre e sempre e sempre."
"E SEMPRE E SEMPRE..."
"Não nos deixe, nós podemos te ver. Sentimos saudades. Venha, siga-me. Nós amamos voc---"

A tela escureceu. Os olhos do detetive se arregalaram. A tela acendeu novamente e Carvalho estava tirando-o da grama. "Venha, siga-me", dizia Oak.
"NÃO", gritou o homem, jogando o aparelho no chão. Ele rapidamente voltou atrás, procurando o GameBoy, trazendo a tela de volta para seu rosto. "Traga-os, traga-os de volta para mim". O jogo continuou normalmente. "Traga minha esposa, meu filho, ME ESUTE! Traga-os de volta para mim AGORA!!!"
Vozes... ele ouvia vozes, centenas de vozes. Virou-se, olhando para trás. Na pequena sala, estavam crianças, muitas crianças. Algumas sem olhos, algumas com feridas na garganta, com o corpo completamente queimado. Todas estavam gritando, gemendo, aproximando-se.

"Traga de volta minha mãe, traga de volta meu pai, traga de volta meu bichinho, TRAGA DE VOLTA MINHA ALMA". Todas gritavam, procurando pelo jogo; as bocas exalando profundo ódio e horror. "Eu não quero que eles partam, traga-os de volta, traga-os de volta para mim!"
"Não." falou o detetive. "É MEU! MINHA família está aqui, não toque!". O terror estampado em seu rosto.
"Venha, siga-me..." disse uma voz. O detetive olhou ao redor e, próximo a uma velha mesa, estava Sousuke. Ele estava em pé, era alto, lindo e radiante. Com um leve sorriso "Venha, siga-me..."
O homem pulou, tentando escapar das crianças. Levantando o GameBoy com as mãos. "O-o que está acontecendo? Onde está minha família?"

Sousuke sorria generosamente. "Eu te mostrarei. Eu te ajudarei a ficar longe destes monstros. Apenas siga-me". Sousuke se abaixou e abriu uma gaveta na mesa velha. O detetive, empurrando as crianças tentando se fastar, olhou para dentro.
Coberta em poeira, lá estava sua velha arma, de quando ele ainda trabalhava na polícia. Ele não a usava há muitos anos, por isso a deixou de lado, não queria se lembrar das coisas que fez com ela..
Mas agora, aquilo não era apenas um objeto que causava dor e agonia. Era brilhante, era a própria luz. Era algo que poderia libertá-lo. "Apenas siga-me", disse Sousuke, sacando a arma e colocando nas mãos do detetive. Ele segurou e então levou às têmporas. "Apenas puxe o gatinho. É tudo."
O detetive se virou. As crinças estavam agarrando-o, segurando suas pernas e puxando. Elas chegaram ao jogo, ele se virou para Sousuke, e sorriu.

"Minha família... eu irei seguí-los."
Puxou o gatinho.
Seu cérebro espatifou na a parede e ele caiu no chão, morto. Alguns dias depois o corpo foi achado. Estava no chão, sangue por toda parte. Em uma mão, segurava uma arma vazia, e na outra, um GameBoy com Pokemon Red. A bateria tinha acabado, estava vazia, apenas a tela escura permanecia.
Este era a última morte que as autoridades iriam permitir. Todos os 104 cartuchos foram queimados. Eles não iriam mais provocar ninguém.

No entando, este não é o fim da história. É dito que o código sobreviveu, e até mesmo passou para outras línguas do jogo. Se você tem um velho jogo de Pokemon, apenas ponha-o em um clássico GameBoy, ative o sistema e gire a roda. Quem sabe, talvez você descubra o segredo...



ISSO DA MEDO

-----------------------------------------------------------

(Rules of nature)

And they run when the sun comes up
With their lives on the line
(Alive)
For a while
(No choice)
Gotta follow the laws of the wild
(Alive)
With their lives on the line
(No choice)
Out here only the strong survive

What’s done is done
Survived to see another day
The dance of life
The hunter and the agile prey
No guarantee
Of which of them will succeed
Strong or weak
avatar
Black.D.Mana
Civil

Mensagens : 864
Pontos : 1063
Reputação : 2
Data de nascimento : 01/10/1999
Data de inscrição : 27/06/2011
Idade : 18
Localização : Loguetown

http://onepiececoliseum.forumeiros.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: AH NEW CREEPYPASTA !

Mensagem por Black.D.Mana em Qui 26 Jul 2012, 6:39 pm

Dêem uma bela olhada no Jirachi, bonitinho não? E quanto ao olho em sua barriga? Se parece com ESTE? Então agora leia ISTO e tire suas próprias conclusões.

Depois de ler, pense de novo sobre o "Olho da Verdade" em sua barriga e também sobre o ataque Doom Desire (Desejo de Destruição), só ele aprende não é mesmo? E, por último, compare essas duas imagens:






MEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEDOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO

-----------------------------------------------------------

(Rules of nature)

And they run when the sun comes up
With their lives on the line
(Alive)
For a while
(No choice)
Gotta follow the laws of the wild
(Alive)
With their lives on the line
(No choice)
Out here only the strong survive

What’s done is done
Survived to see another day
The dance of life
The hunter and the agile prey
No guarantee
Of which of them will succeed
Strong or weak
avatar
Black.D.Mana
Civil

Mensagens : 864
Pontos : 1063
Reputação : 2
Data de nascimento : 01/10/1999
Data de inscrição : 27/06/2011
Idade : 18
Localização : Loguetown

http://onepiececoliseum.forumeiros.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: AH NEW CREEPYPASTA !

Mensagem por Black.D.Mana em Qui 26 Jul 2012, 6:54 pm

Bem o rapaz conta que é grande fã de Pokémon, e quando vê a notícia de Pokémon HeartGold e SoulSilver, ele vai e compra um Pokémon silver usado. O jogo foi dando umas travadas na intro e ele foi apertando os botões e conseguiu ir para o menu, então notou que já existia um jogo salvo, Com o nome de “...”, tinha todas as 16 insígnias, 999:99 horas de jogo, 999999 pokédollars e 251 pokémon registrados na pokédex.
Ele resolveu olhar os Pokémon que o cara carregava com ele, eram 5 Unowns e 1 Cyndaquil com 1 de HP e lvl 100. Os Unowns correspondiam às letras: L, E, A, V, E. nessa ordem formando a palavra Leave, o nome do Cyndaquil era HURRY, assim sendo LEAVE HURRY. Ele foi seguindo até encontrar uma sala com uma listra vermelha no chão, ele foi seguindo até o final dela, no final apareceu a seguinte mensagem: TURN BACK NOW, e a única opção possível era a de YES.
Ele então foi em Yes e voltou para o mesmo local de antes, checou seus Pokémon estavam lá os 6 Unowns, que juntos formavam HEDIED, se separarmos HE DIED, Ele então sai daquele local e vê que o Gold aparecia sem braços e chorando sangue.
Ele então, depois de uma longa série de acontecimentos que não vai dar para relatar aqui por ser extremamente grande se quiser saber deles leia lá, encontra um NPC o s´prite era o mesmo do gold, ele foi falar com o NPC que disse: “GOOD BYE FOREVER ...”, então de repente aparece escrito “??? Used NIGHTMARE” , ele foi parar em um quarto todo fechado, o rapaz então percebe que estava com 0 insignias e que a imagem dos líderes de johto eram caveiras, ele checou seus pokémon, novamente Unows, agora correspondentes a “IMDEAD”, e nesse quarto estava escrito: “R.I.P”

-----------------------------------------------------------

(Rules of nature)

And they run when the sun comes up
With their lives on the line
(Alive)
For a while
(No choice)
Gotta follow the laws of the wild
(Alive)
With their lives on the line
(No choice)
Out here only the strong survive

What’s done is done
Survived to see another day
The dance of life
The hunter and the agile prey
No guarantee
Of which of them will succeed
Strong or weak
avatar
Black.D.Mana
Civil

Mensagens : 864
Pontos : 1063
Reputação : 2
Data de nascimento : 01/10/1999
Data de inscrição : 27/06/2011
Idade : 18
Localização : Loguetown

http://onepiececoliseum.forumeiros.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: AH NEW CREEPYPASTA !

Mensagem por Black.D.Mana em Qui 26 Jul 2012, 6:58 pm

Na história desse vídeo, eram 2 garotos que eram muito amigos e que se conheceram no colégio. Eles jogavam pokemons juntos (a versão é Red e Blue), com o tempo eles tiveram que se separar,quando passaram para as faculdades. Depois de tanto tempo sem se ver, os garotos conseguem se comunicar via internet, e ambos marcam de jogar pokémon novamente para relembrar os velhos tempos (já que agora eles jogavam as versões ''mais novas'', que eram a Pearl e a Diamond).

Os 2 jogam o seu pokémon na maior tranquilidade, e eis que um deles vai para a cidade Lavender Town para entrar no Pokemart para enfrentar seu amigo, porém, esse garoto vicia na música e não para mais de escutar, passa a escutá-la até em seu PC e fala para o amigo ''Essa musica é triste,há algo faltando nela''. Até aí tudo bem, mas no outro dia, um dos garotos recebe um telefonema falando que seu amigo morreu no dormitório da faculdade, e o colega de quarto dele, disse que ele estava escutando a tal música de Lavender Town.

O motivo da morte dele foi um ''ataque intesivo'', e do lado do corpo do amigo, tinha um bilhete escrito ''Agora sei o que faltava em Lavender Town''. Há boatos dizendo que possa haver uma mensagem subliminar na música.

O vídeo que estará aqui é a frequência sonora da música,e dos 8:30 para cima (seria melhor vocês ja começarem carregando de lá) aparecerá um fantasma que costuma aparecer e Lavender Town,e um alfabeto Unown que traduzindo ficará ''LEAVE NOW''. O que será que isso está fazendo na frequência da musica de lavender town.

Lembrando que os Unowns não fazem parte da tal versão dos garotos e sim de uma mais avançada dessa.


-----------------------------------------------------------

(Rules of nature)

And they run when the sun comes up
With their lives on the line
(Alive)
For a while
(No choice)
Gotta follow the laws of the wild
(Alive)
With their lives on the line
(No choice)
Out here only the strong survive

What’s done is done
Survived to see another day
The dance of life
The hunter and the agile prey
No guarantee
Of which of them will succeed
Strong or weak
avatar
Black.D.Mana
Civil

Mensagens : 864
Pontos : 1063
Reputação : 2
Data de nascimento : 01/10/1999
Data de inscrição : 27/06/2011
Idade : 18
Localização : Loguetown

http://onepiececoliseum.forumeiros.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: AH NEW CREEPYPASTA !

Mensagem por Black.D.Mana em Qui 26 Jul 2012, 7:01 pm


-----------------------------------------------------------

(Rules of nature)

And they run when the sun comes up
With their lives on the line
(Alive)
For a while
(No choice)
Gotta follow the laws of the wild
(Alive)
With their lives on the line
(No choice)
Out here only the strong survive

What’s done is done
Survived to see another day
The dance of life
The hunter and the agile prey
No guarantee
Of which of them will succeed
Strong or weak
avatar
Black.D.Mana
Civil

Mensagens : 864
Pontos : 1063
Reputação : 2
Data de nascimento : 01/10/1999
Data de inscrição : 27/06/2011
Idade : 18
Localização : Loguetown

http://onepiececoliseum.forumeiros.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: AH NEW CREEPYPASTA !

Mensagem por Black.D.Mana em Qui 26 Jul 2012, 7:02 pm

"Lembra daquele velho na área de contrução na cidade de Vermillion? Ele e seu fiel Machop estavam agachados no chão por causa de um projeto de construção. Eles estavam trabalhando nisso, aparentemente, há 3 anos.

Há mais nessa história!

Ela começa na Lavender Town. O capítulo da cidade de Lavender, em Pokemon Red e Blue, foi curto, mas deixou um profundo impacto no jogador. Equipe Rocket estava lá, de novo, roubando as caveiras dos Cubones da Torre. A celebridade local, Senhor Fuji, tentou impedí-los, mas foi facilmente subjulgado. Você, o valente herói, resgatou o Sr. Fuji e pôs um fim no nefasto plano da Equipe Rocket.

A história guarda muito mais que isso. Talvez seja a música tocada: parece bastante simples... Ela traz uma profunda intensidade ao ambiente, não observada em nenhum outro lugar do jogo. Não é de se admirar que haja tantas histórias vividas por aqueles que cresceram com o jogo.

Mas isso não é o que interessa. Uma cidade dedicada a preservar o lar de descanso dos Pokemons, apenas três anos depois ela foi substituída por uma Torre de Radio. Lavender havia obviamente mudado, na primeira vez que você viajou para lá, em Gold e Silver. Além das mudanças estéticas, a música agora estava alegre e extravagante, contudo, apesar do clima totalmente diferente, a animada música era apenas um arranjo da fantasmagórica melodia anterior. As coisas não são o que aparentam.

Há mais envolvimento da Equipe Rocket que você jamais imaginou.

Lavender Town, durante Red e Blue, era uma cidade vazia: sem um Ginásio Pokemon, ou quaisquer atrações turísticas. Fuchsia tinha a Zona Safari, Pewter tinha o Museu, Cinnabar um famoso laboratório, etc. Mas toda a Lavender era essencialmente um cemitério massiço, livre para visitas. Seu fraco Mercado Pokemon, não era nada comparado à imensa Loja de Departamentos de Celadon, que era facilmente acessada por uma passagem subterrânea ao Oeste. Lavender Town era, de longe, a cidade mais pobre de Kanto.

Um dia, um homem de negócios se aproximou do prefeito e Lavender com uma proposta: uma das Torres de Radio da região de Johto havia sido destruída por uma tempestade. Ele sugeriu que a Torre Pokemon fosse demolida e, em seu lugar, uma nova Torre de Radio surgiria. O projeto seria totalmente financiado pelo homem, Lavender não teria nenhum custo.

O prefeito percebeu que isso poderia ser triste para os residentes, mas uma oportunidade de prosperidade. A cidade estava desesperada. Ele aceitou cada condição do homem de negócios.

Cubones eram indigentes em Lavender, e suas caveiras, extremamente valiosas no mercado negro. A condição do homem era: caçar os Cubones e, os lucros gerados pela venda de caveiras, construiriam a Torre de Radio.

Quem era o homem de negócios? Giovanni.
O prefeito da Lavender Town? Senhor Fuji.

Red era apenas um peão, neste complô. Ele "resgata" o Senhor Fuji em razão de desviar qualquer suspeita de seu envolvimento com a Equipe Rocket. Assim que ele deixa a cidade e continua sua jornada, a Equipe Rocket rapidamente termina o extermínio dos Cubones.

O plano parecia ser alheio às almas dos Pokemons em repouso, mas havia um porém. Giovanni era um homem muito superticioso. A tomada da compania Silph foi feita para que a Equipe Rocket pudesse fazer uma produção em massa de "Silph Scope", que seria distribuido aos envolvidos no "Projeto Lavender". Ele também acreditava que, demolindo a Torre, iria despedaçar as almas dos Pokemons, então ele planejou construir uma nova Torre. Os corpos seriam movidos para lá, depois que a demolição ocorresse.

Ele conhecia um lugar perfeito para a nova torre: uma colina vazia em Vermillion.

Giovanni contratou uma pequena empresa independente para construir a torre e para as pessoas não suspeitarem do envolvimento da Equipe Rocket. A força de trabalho usada pela pequena compania: Machops.

A construção foi problemática. Ela sofreu uma onda crescente de desastres bizarros. O capital, originalmente usado para pagar a compania, foram perdidos após um assalto ao banco. Houveram inexplicáveis falhas mecânicas, causadoras da morte de inúmeros Machops. Meses se passaram e o projeto ainda estava empacado, sem sinais de novos progressos. Os cidadãos de Vermillion, que não faziam idéia de para que a contrução se destinava, brincavam como ela era amaldiçoada. Isso explica o porquê das contínuas tragédias que afetaram os Machops, cujos ataques não afetavam Fantasmas.

Não obstante, Giovanni recusou-se a continuar com a Torre de Radio, até que os corpos fossem tranferidos para um novo local de descanço. Seu grande medo era perturbar os espíritos. Alguns de seus seguidores chegaram a vê-lo delirar. Ele parecia acreditar que os fantasmas estavam tentando se comunicar, já que ele, de fato, já havia perturbado os espíritos, causando seu aparecimento em Vermillion. Sua derrota para Red, um garoto de 10 anos de idade, apenas confirmava suas apreensões: ele não poderia mais dar continuidade ao plano, muito menos liderar a Equipe Rocket. Ele abdicou seus poderes e então, desapareceu.

Os novos líderes da Equipe, dividiam algumas de suas supertições e apreensões. A Torre seria, no entanto, demolida no dia seguinte. Estranhamente, o velho da compania de Construção em Vermillion, morreu no mesmo dia.

O LOCAL DE CONSTRUÇÃO, sobre a colina de Vermillion, continua lá. Está abandonado. Uma faixa de terra fértil, a não ser pelas tumbas dos Machops mortos: a única característica que se assemelha com a planejada Torre Pokemon, que nunca acontecera. As pessoas que a visitam, sentem um leve desconforto. Alguns alegam ouvir uma melodia, leve e muito triste.

Muitos evitam este lugar, mas, ocasionalmente, algum viajante de Johto esbarra por lá. Eles dizem ver um velho e um Machop, sempre analisando um importante projeto de construção."
.


-----------------------------------------------------------

(Rules of nature)

And they run when the sun comes up
With their lives on the line
(Alive)
For a while
(No choice)
Gotta follow the laws of the wild
(Alive)
With their lives on the line
(No choice)
Out here only the strong survive

What’s done is done
Survived to see another day
The dance of life
The hunter and the agile prey
No guarantee
Of which of them will succeed
Strong or weak
avatar
Black.D.Mana
Civil

Mensagens : 864
Pontos : 1063
Reputação : 2
Data de nascimento : 01/10/1999
Data de inscrição : 27/06/2011
Idade : 18
Localização : Loguetown

http://onepiececoliseum.forumeiros.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: AH NEW CREEPYPASTA !

Mensagem por Black.D.Mana em Qui 26 Jul 2012, 7:05 pm

Visão Geral

O fenômeno do
" Tom da Cidade de Lavander" é uma lenda que envolve uma inundação
bizarra de casos e mortes pelo país que foram relacionadas a série de
games "Pokémon", em particular, os primeiros dois games da série, Red e
Green.
Embora seja um evento amplamente desconhecido,devido as leis
de divulgação de empresas sediadas em Kyoto, há uma grande quantidade de
informação que foi trazida a tona por um número de indivíduos
dedicados, incluindo Seki Uchitada,Ise Mitsumoto e Satou Harue,a quem
essa página é dedicada. Agradecemos também a Andou Takeda por fornecer
as imagens e os gifs animados do fenômeno visual.
Essa análise vai
discutir o outro fenômeno que é confundido com o "Tom da Cidade de
Lavander",conhecido como "A imagem da mão branca","Animação Fantasma" e
"modelo enterrado vivo", assim como o semi-relacionado tag do
desenvolvedor que foi inserido no jogo, e como executar esses "easter
eggs" em cartuchos pós primeira remessa.

Detalhes da Patologia

Os
sintomas predominantes relacionados ao que se tornaria conhecido como o
"Lavender Town Town" incluíam dores de cabeça e enxaqueca, sangramento
dos olhos e ouvidos, alterações do humor e irritabilidade, o apego aos
jogos, violência sem sentido, reclusão e apatia, e em aproximadamente
67% dos casos, tendências suicidas. No entanto, estes sintomas só se
manifestam em crianças entre as idades de 7 e 12 anos que tenham
atingido a área de jogo conhecido como "Lavender Town", a maioria dos
quais foram revelados estar usando fones de ouvido durante o jogo
Enquanto
despeja, os desenvolvedores da área de Lavender Town tinha procurado
para fazer uma área que iria "deixar uma boa impressão sobre o jogador",
de acordo com Seki Uchitada, que era um membro da equipe de
desenvolvimento. Seki alegou que no momento do desenvolvimento, uma
série de a equipe estava interessada em fazer Lavender Town um pouco
diferente do resto do jogo.

Historia
do jogo.

Os primeiros casos da "Lavender Town Tone" e com
eventos foram relatados alguns meses após o lançamento do de "Pocket
Monsters Red e Green" para o portátil "Game Boy".Esses videogames eram
muito populares com as crianças entre as idades de sete e doze anos (seu
núcleo demográfico), que foi sem dúvida uma das razões pelas quais o
"Lavender Town Tone" teve o nível de gravidade que se diz. No jogo, o
jogador assume o papel de um "Trainador", cuja missão é capturar, domar e
treinar animais selvagens chamado de "Pokémon" para a batalha. Estes
jogos, e as duas mais recentes adições à série "Pokémon Gold e Silver",
um anime, mangás, figurinhas, um jogo de cartas colecionáveis e jogos de
consoles caseiros transformaram Pokémon em uma franquia de bilhões de
dólares.
Em uma parte do jogo, o treinador chega a um pequeno lugar
fora da rota, chamado "Lavender Town" (シオン タウン),. Esta cidade é uma das
menores aldeias no jogo (com exceção da cidade natal do treinador,
Pallet), e possui o menor número de serviços disponíveis para o
treinador, do que qualquer outra cidade do jogo - na verdade, o local
seria normal se não houvesse "Pokémon Tower" (ポケモンタワー), localizado lá -
um colossal edifício que contém os túmulos de centenas de Pokémons
falecidos.
Teoriza-se que, devido a esta localização no jogo, pelo
menos duas centenas de crianças perderam suas vidas, e muitos mais
desenvolvidos doenças súbitas e distúrbios - e isso não leva em conta as
vastas ondas de doenças não reportadas e mortes cujas causas passaram
despercebidas.


História da
Patologia [$ HIP]

Não antes da temporada Primavera / Verão
de 1996 que os casos que acabariam por tornar-se ligados a música da
cidade de Lavender começaram a surgir. O mais antigo registro do
reconhecimento dos efeitos da Cidade Lavender que o autor pode encontrar
veio de um relatório interno feito em junho de 1996 pela empresa Game
Freak Inc. ,que foi então vazado por um dos seus ex-funcionários, a Sra.
Satou Harue. Nele, um funcionário dá uma lista de nomes, datas e
sintomas - os registros de crianças com idades entre 7 e 12 anos que
tinham sofrido vários problemas médicos relacionados ao seus jogos
Pokémon Red e Green. Alguns registros estão listados abaixo, com a lista
completa no Apêndice A .
(Note-se que as entradas no apêndice
também não suportados incluem sintomas da "Lavender Town Tone" fenômeno
de áudio, mas a partir do chamado "Mão Branca", Animação Fantasma" e
"modelo enterrado vivo", todos os que foram fenômenos visuais que
provocou sintomas semelhantes, porém distintos. Mais detalhes sobre a
Parte Dois).

京 极 胜 女, 12 de abril de 1996 (11). A apnéia
obstrutiva do sono, enxaquecas graves, otorragia, zumbido.
千叶 広 幸: 23
de maio de 1996 (12). Geral irritabilidade, insônia, dependência do
videogame, hemorragias nasais. Desenvolvido em raias violentas contra os
outros e, finalmente, a si mesmo. [自杀]
桃 井 久 江: 27 de abril de 1996
(11). Enxaquequecas incidentes, irritabilidade. Eventualmente tomou
analgésicos mistos.
吉 长 为 真: 4 de Março de 1996 (7). Enxaqueca,
comportamento letárgico e lento, apatia. Desenvolveu surdez, e
desapareceu. Corpo foi encontrado ao lado de uma estrada em 20 de abril
de 1996.

O documento que foi distribuído internamente, foi a
primeira vez que estes incidentes foram relacionados com osjogos da
série Pokémon - até então, a causa não tinham sido descoberta ou
diagnosticada por profissionais da medicina. Na verdade, é duvidoso o
fato de como a companhia deu um jeito de descobrir os casos
relacionados com o evento sem procurar o conselho de serviços de saúde.


Os
sintomas predominantes relacionados ao que se tornaria conhecido como o
"Lavender Town Town" incluíam dores de cabeça e enxaqueca, sangramento
dos olhos e ouvidos, alterações do humor e irritabilidade, o apego aos
jogos, violência sem sentido, reclusão e apatia, e em aproximadamente
67% dos casos, tendências suicidas. No entanto, estes sintomas só se
manifestaram em crianças entre as idades de 7 e 12 anos que tenham
atingido a área de jogo conhecido como "Lavender Town", a maioria , a
maioria dos quais foram revelados estarem usando fones de ouvido durante
o jogo.
Como se soube, os desenvolvedores da área de Lavender Town
tinham buscaram uma maneira de fazer uma área que iria "deixar uma boa
impressão sobre o jogador", de acordo com Seki Uchitada, que era um
membro da equipe de desenvolvimento. Seki alegou que na época do
desenvolvimento, uma parte da equipe estava interessada em fazer
Lavender Town um pouco diferente do resto do jogo.

"A Torre
Pokémon é um resultado visível disso", disse Seki (Revista "Dimmensions
of Game"), em entrevista no início deste ano. "Isso, e o fato de
Lavender Town ser diferente de todas as outras cidades no jogo: ela é
menor, tem menos pessoas que a ocupam, não tem um ginásio ... e, claro, a
música era muito, muito assustador. Na verdade, na primeira versão do
jogo, fomos informados de alterar um pouco a música tocou no fundo de
Lavender Town ... porque o nosso gerente nos disse que deixaria as
crianças chateadas. A música usada nas versões posteriores é diferente."
Ou
Seki não tinha conhecimento do impacto total do Lavender Town Tone,ou
estava subestimando o quão tristes as crianças ficariam - não se falou
masi sobre a música no artigo, mas existem outras menções as
características macabras da cidade de Lavender.

O que Seki não
divulgou para Dimmensions Game's Magazine foi que a música usada no
lançamento do primeiro lote de Pokémon Red e Green foi formulada a
partir de um experimento em "binaural beats", usando algumas diferentes
freqüências de som, cada freqüência jogado em um ouvido por fones de
ouvido, possibilitando que vários efeitos psicológicos fossem induzidos
sobre o ouvinte. Na maioria das versões dos lançamentos primeira
remessa, resultaram aos jogadores um sentimento inquieto, apreensivo, e
ligeiramente perturbado. No entanto, em mais de duas centenas de
crianças, provocou uma série de distúrbios no cérebro que foi detectada
apenas porque era indetectável por ouvidos humanos plenamente
desenvolvidos - sendo assim, apenas as crianças foram vítimas dos
tons, resultando em problemas psicológicos e fisiológicos que em alguns
casos, levou à morte - muitas das quais foram suicídios. No entanto, o
"Lavender Town Tone" representa apenas alguns dos problemas que afligiam
os infelizes o suficiente para obter os cartuchos primeira remessa.
Embora não sejam bem conhecidos, há uma variedade de efeitos visuais
utilizados em Lavender Town, que também trouxe graves problemas de saúde
nas crianças, alguns das quais ainda são capazes de serem produzidos em
jogos feitos após o primeiro lote.

Patologia Resumo Detalhe-Visual
Estes efeitos visuais
são conhecidos nos meios de programação, "Sprite da Mão Branca", a
"Animação Fantasma", e "Modelo Enterrado vivo".Nesses casoas, foi
descoberto que o efeito causava dores de cabeça, náuseas e em casos
mais graves, hemorragia do cérebro e os pulmões. Enquanto cerca de 70%
das Síndromes de Lavender Town (LTS) é devido ao tom lavanda, o
percentual restante é dividido entre esses fenômenos visuais. Isto é em
parte devido aos estímulos visuais que ocorrem depois que o jogador é
introduzido ao tom lavanda. Tem sido teorizado que os afetados pela
estimulação sonora, tais como os surdos ou deficientes auditivos,
compõem os restantes 30%. Durante a visualização destes modelos pode
causar estes efeitos, existem certos métodos que permitem que um
espectador de forma segura examiná-los detalhadamente.

]The White Hand Sprite

Conhecido
no código como WhitHand.gif, foi escrito para aparecer como um Pokémon
no terceiro andar da Torre de Lavender. É dividido em quatro animações
distintas: uma introdução (o grito de "um Pokemon solta antes de uma
batalha),uma nula , e dois ataques. Estes ataques são desconhecidos,
pois eles são listados simplesmente como "Punho" e "Brutal". Ao
visualizar a animação é provado que são perigosos, exibindo os quadros
do modelo é comprovado que não há adversos. A Mão Branca é retratado
como uma mão atrofiada, ligeiramente deteriorada, com atenção ao detalhe
surpreendente: a carne está se deteriorando para trás a partir do osso
e tendões pendem realisticamente fora do pulso. O primeiro ataque é a
mão com o punho cerrado, em seguida, balançando para a frente. No
entanto, a "animação" brutal está faltando vários quadros: A mão parece
abrir-se, em seguida, corta para fora. Após alguns segundos, ele
reaparece, fechado novamente. Nenhum registro foi encontrado um desses
quadros desaparecidos.


Ghost
Animation


A animação fantasma, codificada como
Haunting.swf, foi concebido para ser colocado em diversas áreas ao longo
da torre, incluindo o centro de um caminho no segundo andar. No
entanto, os jogadores não podem interagir com ela, deixando muitas
pessoas a acreditar que ela foi concebida como uma característica de
fundo ". A animação fantasma também deve ser vista em quadros
individuais. Ela é composta de 59 quadros no total. No entanto, após a
extração, cerca de metade desses quadros se revelaram ser do modelo
padrão utilizado no fantasmas pokémon. Cerca de um quarto dos quadros
restantes são compostos de estática, para produzir um efeito de
"fading". No entanto, intercaladas com as rajadas de estática são vários
quadros de rostos de pessoas gritando, junto com as imagens de um homem
esquelético em uma capa (hipótese de ser o Grim Reaper) e de vários
corpos mortos. O significado por trás dessas imagens é desconhecido-
Embora sob juramento perante o Conselho da Comissão de Jogos, o
progamador líder, Hisashi Sogabe testemunhou ter "Nenhum conhecimento a
respeito de onde estas imagens vieriam à tona." Fora de todos os
fenômenos associados à LTS, essa animação é oque mais se especula sobre :
Em sua tese "Videogames e manipulação da mente humana", o Dr. Jackson
Turner afirmou que as imagens foram deliberadamente colocados. Devido ao
seu curto espaço de tempo que aparecem na tela, e à natureza gráfica
das imagens, Turner teoriza que estes foram feitos para subliminarmente
influenciar jogadores a se sentirem cada vez mais assustados em um
ambiente pertubador.



The
Buried Alive Model


Muitas vezes referida como o seu
código, o script Buryman, o modelo do homem enterrado era para ser
encontrado no final da história da Torre de Pokémon, em que foi
substituído com o fantasma Marowak. De acordo com os scripts que lhe são
atribuídas, o Modelo enterrado vivo foi concebido para ser o "chefe"
da torre. Depois de chegar ao piso mais alto, a seguinte conversa teria
ocorrido.


Buried Alive: Você está ... Aqui.
BA: Eu estou
preso ...
BA: E eu estou sozinho ...
BA: Muito solitário ...
BA:
Você não vai se juntar a mim?


Depois disso, a batalha teria
sido iniciada. Uma vez em que se esteja no modo
"Visão de batalha", o
modelo Buried Alive parece ser um cadáver em decomposição humana
tentando rastejar para fora da terra. Ele foi programado para ter dois
"White Hand", um Gengar e um Muk. Curiosamente, um protocolo para as
ações do enterrado vivo depois que foi derrotado não foram escritos. No
caso do jogador de derrotá-lo, o jogo iria congelar. No entanto, um fim
específico foi escrito por um programador desconhecido ao perder a
luta. Neste final, o homem enterrado devia diria, "Finalmente carne
fresca!" seguido por várias linhas de rabiscos. Ele arrastaria o
personagem do jogador para o chão ao redor dele. A cena iria terminar
com uma tí________ tela de "Game Over" , mas no fundo, uma imagem do
personagem enterrado vivo devorando o jogador seria mostrada.
Especialmente estranho são os protocolos para depois desta cena. O
cartucho deveria carregar a imagem da memória interna contida no Game
Boy, substituindo a tela do título que, normalmenteaparece quando o
gameboy liga. Em vez disso, quando ele foi iniciado, o jogador deveria
ver esta imagem como o arquivo de som staticmesh.wav foi tocado. O
propósito para este efeito, ao contrário de muitos outros fatores que
conduzam LTS, é desconhecido.

-----------------------------------------------------------

(Rules of nature)

And they run when the sun comes up
With their lives on the line
(Alive)
For a while
(No choice)
Gotta follow the laws of the wild
(Alive)
With their lives on the line
(No choice)
Out here only the strong survive

What’s done is done
Survived to see another day
The dance of life
The hunter and the agile prey
No guarantee
Of which of them will succeed
Strong or weak
avatar
Black.D.Mana
Civil

Mensagens : 864
Pontos : 1063
Reputação : 2
Data de nascimento : 01/10/1999
Data de inscrição : 27/06/2011
Idade : 18
Localização : Loguetown

http://onepiececoliseum.forumeiros.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: AH NEW CREEPYPASTA !

Mensagem por Black.D.Mana em Qui 26 Jul 2012, 7:14 pm

ESSA AKI EM BAIXO FOI EU QUE FIZ ! POIS É ATÉ EU FIQUEI COM MEDO '-'

Foco é algo necessário ao longo das séries de Pokemon. Centrando-se no enredo complexo, nos numerosos companheiros adquiridos ao longo do jogo, os tornando tão fortes como eles podem ser. Este não foi um problema na Geração 1: foram descobertos cheats e glitches para tornar a viagem Pokemon muito mais fácil, embora menos agradável. A satisfação deixava o jogador logo que M era capturado. Claro que, nas Gerações seguintes, isto foi resolvido. Haviam ainda mais cheats e glitches, sem dúvida, mas eles não eram tão óbvios e fáceis de se obter.

Mas você já se perguntou porque é necessário focar-se nos jogos? O jogador fica tão concentrado nele, dia após dia, durante toda a noite. Você não percebe que o mundo exterior gira sem você, para você é irrelevante. Aconteceu o mesmo com você; enquanto você lia essa história: você não percebeu que algo se moveu à sua esquerda, atrás de você, enquanto estava concentrado na tela. Não se preocupe, não é algo da linha Gastly não, é a coisa feita nos pesadelos. E está vindo na sua direção.

Por isso, sempre mantenha um olho fora da tela. Só por precaução.

-----------------------------------------------------------

(Rules of nature)

And they run when the sun comes up
With their lives on the line
(Alive)
For a while
(No choice)
Gotta follow the laws of the wild
(Alive)
With their lives on the line
(No choice)
Out here only the strong survive

What’s done is done
Survived to see another day
The dance of life
The hunter and the agile prey
No guarantee
Of which of them will succeed
Strong or weak
avatar
Black.D.Mana
Civil

Mensagens : 864
Pontos : 1063
Reputação : 2
Data de nascimento : 01/10/1999
Data de inscrição : 27/06/2011
Idade : 18
Localização : Loguetown

http://onepiececoliseum.forumeiros.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: AH NEW CREEPYPASTA !

Mensagem por Red D. Bloody em Qui 26 Jul 2012, 7:26 pm

aff mano, vc fez eu ler...

-----------------------------------------------------------

So what we get drunk
So what we smoke weed
We're just having fun
We don't care who sees
So what we go out
That's how it's supposed to be
Living young and wild and free

avatar
Red D. Bloody
Civil

Mensagens : 2538
Pontos : 3066
Reputação : -8
Data de nascimento : 19/04/1998
Data de inscrição : 25/05/2011
Idade : 19
Localização : East Blue

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: AH NEW CREEPYPASTA !

Mensagem por Black.D.Mana em Qui 26 Jul 2012, 7:57 pm

Havia um menino que se chamava Red.D.Bloody ele havia perdido toda sua familia e saiu em busca de companheiros.....e A historia se inicia dai em diante
Em RBY, quando red encontra o seu rival em Lavender, ele perguntava a red se ele já sofreu pela morte de um Pokémon. Depois ele batalha com Red, sem o Raticate que ele usava nas batalhas anteriores.
Acontece que na batalha antes dessa, no navio SS Anne, o Raticate de red ficou seriamente ferido. Devido à multidão e confusão na saída, ele não conseguiu chegar no Pokémon Center a tempo e o Raticate morreu. A razão de red encontrar seu rival em Lavender é que ele foi lá em luto pelo Raticate morto.
Beleza, ele nunca disse isso explicitamente e guarda a raiva de red dentro dele, em forma de motivação para se tornar o líder da liga. Assim que ele alcança o objetivo dele, ele é derrotado... por red. Logo após você recebe as congratulações do Oak e blábláblá. Resumindo: Red mata um Pokémon dele, destrói sua inocência, acaba com os sonhos dele e rouba o amor do avô dele.


-----------------------------------------------------------

(Rules of nature)

And they run when the sun comes up
With their lives on the line
(Alive)
For a while
(No choice)
Gotta follow the laws of the wild
(Alive)
With their lives on the line
(No choice)
Out here only the strong survive

What’s done is done
Survived to see another day
The dance of life
The hunter and the agile prey
No guarantee
Of which of them will succeed
Strong or weak
avatar
Black.D.Mana
Civil

Mensagens : 864
Pontos : 1063
Reputação : 2
Data de nascimento : 01/10/1999
Data de inscrição : 27/06/2011
Idade : 18
Localização : Loguetown

http://onepiececoliseum.forumeiros.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: AH NEW CREEPYPASTA !

Mensagem por Black.D.Mana em Qui 26 Jul 2012, 9:17 pm

Squidward's Suicide ( O Suicídio de Lula Molusco )

"Quero começar dizendo que, se você espera uma resposta no fim, ficará desapontado. Não há.

Eu trabalhava de estagiário nos Estúdios Nickelodeon há mais ou menos 1 ano, para minha formação em Animação. Não era paga, é claro, mas a maioria dos internos também não eram: isso serviu de impulsão para minha carreira. Para os adultos, pode não significar muita coisa, mas a maioria das crianças se matariam por um emprego assim, mesmo que não remunerado. Desde que eu comecei a trabalhar diretamente com os editores e animadores, eu recebia um "prévia" dos novos episódios, alguns dias antes de eles irem ao ar.

A nova temporada estava demorando demais por razões que ninguém conseguia explicar. Havia um problema com o lançamento da quarta temporada, o que deixou a maioria da equipe longe por vários meses.

Dois outros estagiários e eu fomos levados à sala de edição junto com os animadores e editores de som para algumas edições finais. Recebemos a cópia do que supostamente seria "Fear of a Krabby Patty (Medo de um Hambúrguer de Siri)", e fomos conduzidos à tela para assistir. Por vezes, os animadores colocavam uma fita de título subersivo (era uma piada interna), por exemplo, "How Sex Doesn’t Work" em vez de "Rock-a-by-Bialve", o episódio em que o Bob e o Patrick adotam um filhote de ostra. Não havia nada particularmente divertido, exceto por algumas piadas relacionadas ao trabalho. Até que vimos uma fita com o nome "Squidward's Suicide", não fizemos nada além de uma risada doentia. Um dos internos até deu uma gargalhada. A música alegre de abertura tocava normalmente.

A história começa com Lulamolusco praticando com sua clarineta, tocando algumas notas ruins e azedas, como é de costume. Ouvimos o Bobsponja rir de longe, e o Lula parou. Ele gritou com Bob e disse que teria um concerto aquela noite: precisava praticar. Bob obedece e vai até a casa da Sandy com o Patrick. As bolhas de uma cena para outra aparecem e vemos o fim do concerto do Lulamolusco. Aí que as coisas começam a ficar bizarras. Enquanto tocava, alguns frames começavam a se repetir sozinhos, mas o som não saía (nesse ponto, o som era para começar junto com a animação, então sim, não era algo normal). Quando ele parou, o som continuou normalmente como se aquela repetição nunca houvesse ocorrido. Houve um pequeno murmúrio na platéia, antes de todos começarem a vaiá-lo. Mas não era um "buu" comum de desenhos infantis, poderia facilmente ouvir-se malícia nisso. O Lula estava na tela toda e seu estado estava visivelmente assustado. Há um "close" na platéia, onde observamos Bobsponja em seu centro. Ele também estava vaiando, o que não é muito comum. Isso não é, de longe, a coisa mais estranha. O mais esquisito, é que todos tinham olhos hiper realistas. Era muito, muito detalhados. Não eram recortes de olhos de pessoas normais, mas algo bem mais realista que Animação em CGI. As pupilas estavam marcadas. Alguns de nós nos entreolhamos, obviamente confusos, mas como não éramos os escritores, não questionamos nada... ainda.

A cena vai para Lulamolusco sentado na ponta da cama, parecendo muito desapontado e desesperançoso. A imagem na sua janela mostrava que era noite, então não fazia muito tempo que o concerto havia terminado. Nesse momento não tinha som. LITERALMENTE, não tinha som. Não ouvíamos nada, além de poucos sussurros na sala. Era como se os falantes estivessem desligados, embora o mostrador mostrasse que eles funcionavam perfeitamente. Ele estava simplesmente sentado lá, piscando, em silêncio a quase 30 segundos, até que começou a soluçar baixinho. Ele pôs seus tentáculos sob os olhos e chorou por volta de 1 minuto, o som de fundo lentamente crescia, era algo que mal se podia ouvir, como uma brisa na floresta (só que bem mais "creepy" que isso).

A tela lentamente deu um zoom em seu rosto. Mas LENTAMENTE eu quero dizer, você apenas notava o zoom 10 segundos depois de ele ter começado. Seu soluço ficou maior e cheio de dor, agonia e raiva. A tela começou a se contrair por alguns segundos e depois voltava ao normal, como se estivesse viva. O som "além-das-árvores" ficava vagarosamente mais intenso e severo, como se uma tempestade estivesse vindo de lugar nenhum. O mais assustador de tudo era o soluço do Lula, parecia real demais, como se não viesse dos alto-falantes, mas de algum ponto de dentro, ou mesmo de fora da sala. A qualidade do som era tão surpreendente, que não precisaria de bons equipamentos para ouvirmos tão bem.

Abaixo do som do vento e do soluço fantasmagórico, algo soava como se estivesse rindo. Isso vinha em esquisitos intervalos e nunca duravam mais de um segundo, você tinha que se concentrar bastante para ouví-lo. Depois de 30 segundos disso, a tela embaçou e começou a contrair violentamente ao passo que flashes saíam da tela - era como se uns poucos frames estivessem corrompidos. O líder editor parou e rebobinou frame a frame, o que vimos foi HORRÍVEL. Era a foto de uma criança morta que não deveria ter mais de 6 anos. Seu rosto estava em carne-viva havia sangue por todo lado, seu olho esquerdo estava fora das órbitas, pendendo sobre o rosto ao avesso. Ele estava nú a não ser por uma roupa de baixo, seu abdomem aberto, com os órgãos à mostra. O lugar era alguma rota pavimentada (provavelmente sofreu um atropelamento). O mais entristecedor era a sombra do fotógrafo, claramente vista por todos. Não havia marcas de pneus, nem nenhuma outra evidência, era quase como se o fotógrafo fosse o responsável pela morte da criança;

Estávamos, claro, abismados, mas continuamos assistindo, rezando para que fosse mais uma piada doentia. A tela voltou ao Lula, ainda soluçando. Um soluço mais poderoso que o anterior, mostrando apenas metade do seu corpo, as mãos no rosto e sangue saindo de seus olhos. O sangue era outra coisa hiper-realista, parecia que você poderia tocá-lo com os dedos. O que soava agora, era como uma tempestade na floresta. Havia até o som de alguns galhos quebrando. A risada, profundamente subversiva, vinha e ia com mais frequência. Depois de quase 20 segundos, a tela novamente embaçou e se mexeu violentamente. O editor estava hesitante em voltar a fita, assim como nós, mas todos sabíamos que ele tinha que fazê-lo. A foto desta vez era de uma garotinha um pouco mais velha que o menino anterior. Ela estava deitada, com uma poça de sangue próxima a ela. Seu olho esquerdo também havia sacado e ela estava nua, a não ser novamente pela roupa de baixo. O corpo estava na estrada e a sombra do fotógrafo era visível, muito similar ao primeiro. Todos estavam quase catatônicos, um vomitou e a única mulher na sala correu.

O show foi retomado. 5 segundos depois que a segundo foto foi mostrada, todo o som parou, da mesma forma que aconteceu quando a cena começou. Ele tirou os tentáculos dos olhos, os quais eram hiper realistas como os dos outros no início do episódio. Eles estavam sangrando e pulsando. Lula encarava a tela como se estivesse observando o telespectador. Depois de 10 segundos, ele começou a soluçar e cobrir os olhos novamente. O som voltou, agora mais assustador do que nunca: seu soluço estava misturado com gritos insanos. Lágrimas e sangue estavam caindo de seus olhos muito mais que antes. O vento voltou e então, o som de uma risada profunda. A próxima sequência de contrações começaram, e editor estava pronto para pará-la antes de terminar, ele rebobinou. Desta vez, a foto era de um garoto, na mesma faixa etária que os anteriores, mas a cena era diferente: suas entranhas estavam sendo puxadas por uma mão enorme e seu olho direito pendendo sobre o rosto coberto em sangue. O animador prosseguiu. É difícil de acreditar, mas as próximas cenas eram mais chocantes e intensas que as anteriores, eu nem posso descrevê-las. Fomos seguindo e seguindo, assistindo quase sempre a mesma coisa. Chegou a um ponto em que eu perdi o controle e vomitei. Os outros estavam tossindo e com lágrimas nos olhos. Então chegamos um ponto crucial: alguns frames eram diferentes dos outros, exatamente 5. Cada frame era uma sequencia da foto anterior. Vimos lentamente a mão chegar perto dos olhos e então arrancá-los. O editor ordenou que aquilo parasse e mandou que chamássemos o criador, pessoalmente, para ver aquilo. o Senhor Hillenburg chegou depois de 15 minutos. Ele estava muito confuso do porquê o chamaram ali, então o editor continuou o episódio.

Depois que os 5 frames foram mostrados, todos os gritos e todo o som novamente parou. Lula estava encarando o espectador, seu rosto inteiro na tela, por quase 3 segundos. Rapidamente tudo ficou escuro e uma voz profundamente insana disse "DO IT". A próxima coisa que vimos foi uma arma (shotgun) nas mãos do Lulamolusco. Imediatamente colocou o cano na boca e puxou o gatilho. Sangue hiper realista e restos de massa encefálica chocaram-se com a parede, Lula foi jogado para trás com força. Os últimos 5 segundos mostraram o personagem desfigurado deitado na cama, com um dos olhos pendendo, olhando fixamente para a tela. O episódio acabou.

O Senhor Hillenburg estava, obviamente, zangado com isso. Ele ordenou que todos explicássemos o que diabos estava acontecendo. A maioria das pessoas já havia deixado a sala, nesse momento, então tivemos que apenas assistir tudo de novo. Só de pensar em assistir tudo novamente, me causou náuseas e pesadelos. Desculpem, eu saí.

A única teoria que podíamos pensar era que alguém invadiu o estúdio e editou o arquivo. A polícia foi chamada para analisar o que estava acontecendo. A análise mostrou que aquilo realmente foi editado, mas o contador-de-tempo da edição era de meros 24 segundos antes de começarmos a assistir. Todo o equipamento envolvido foi examinado pela perícia. Potentes programas procuraram por erros (glitches) - como o do contador de tempo que, certamente, estava errado - mas tudo que foi checado estava bem. Não sabíamos o que estava acontecendo, na verdade, nesse dia ninguém sabia. Houve uma investigação para saber a natureza das fotos, mas nada foi concluído. Nenhuma criança foi indentificada, nenhum acidente (ou homicídio) com as características. Nenhuma prova ou evidência. Nada. Eu não acreditaria em tal fenômeno se eu não estivesse lá."

-----------------------------------------------------------

(Rules of nature)

And they run when the sun comes up
With their lives on the line
(Alive)
For a while
(No choice)
Gotta follow the laws of the wild
(Alive)
With their lives on the line
(No choice)
Out here only the strong survive

What’s done is done
Survived to see another day
The dance of life
The hunter and the agile prey
No guarantee
Of which of them will succeed
Strong or weak
avatar
Black.D.Mana
Civil

Mensagens : 864
Pontos : 1063
Reputação : 2
Data de nascimento : 01/10/1999
Data de inscrição : 27/06/2011
Idade : 18
Localização : Loguetown

http://onepiececoliseum.forumeiros.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: AH NEW CREEPYPASTA !

Mensagem por Black.D.Mana em Qui 26 Jul 2012, 9:19 pm

ESSA FOI EU TAMBEM EU FIZ ^^

Crianças tolas. Acham mesmo que seus cobertores irão protegê-los? Acham mesmo que a porta aberta e a luz acesa no corredor vai nos afugentar? Que cantar essas malditas musiquinhas alegrinhas e inúteis vão nos afastar? Acha mesmo que o ursinho Teddy vai nos assustar? Pobres e inocentes crianças. Vocês mal sabem que nós espreitamos vocês. Ficamos escondidos naquele canto escuro do seu quarto, aquele que nenhuma luz atinge, só os observando. Alguns de nós gostam de se esconder embaixo da cama, outros, dentro dos guarda-roupas. Nós estamos alí, sempre prontos e presentes para agarrá-los. Quando vocês dão as costas para o espelho, nós aparecemos, quando atrás da porta está escuro é lá que ficamos. Não adianta embrulhar-se dentro dos cobertores, porque durante a noite vocês vão se descobrir e seus lindos pézinhos estarão vulneráveis à nossa fome. Nossa hora favorita, é bem naquela em que você acorda para ir ao banheiro. Uma dica? Nunca nos deixe saber que vocês estão acordados, porque o faremos assistir seus pezinhos, perninhas, mãozinhas, bracinhos e corpinhos serem devorados lentamente. Sabe aquela sensação deliciosa de estarem sendo observados ou seguidos? Ouvir barulhos, passos ou vozes? Somos nós… Sabe aquele arrepio na espinha e aquele medo de olhar para trás? É isso que nós causamos. Não, crianças. Não é sua imaginação que cria imagens em movimento no seu quarto, no escuro, no meio da noite. Nunca esqueça que nós estaremos vigiando-os de pertinho. E se vocês esquecerem, faremos questão de lembrá-los.''

-----------------------------------------------------------

(Rules of nature)

And they run when the sun comes up
With their lives on the line
(Alive)
For a while
(No choice)
Gotta follow the laws of the wild
(Alive)
With their lives on the line
(No choice)
Out here only the strong survive

What’s done is done
Survived to see another day
The dance of life
The hunter and the agile prey
No guarantee
Of which of them will succeed
Strong or weak
avatar
Black.D.Mana
Civil

Mensagens : 864
Pontos : 1063
Reputação : 2
Data de nascimento : 01/10/1999
Data de inscrição : 27/06/2011
Idade : 18
Localização : Loguetown

http://onepiececoliseum.forumeiros.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: AH NEW CREEPYPASTA !

Mensagem por Thomas N. em Qui 26 Jul 2012, 10:56 pm

- Amane, você poderia por favor apagar este tópico inútil ? Considerações, Nikyo.
avatar
Thomas N.
Civil

Mensagens : 1323
Pontos : 1568
Reputação : 27
Data de nascimento : 05/09/1997
Data de inscrição : 26/04/2012
Idade : 20
Localização : Jaya - Grand Line

http://mafagafoamarelo.tumblr.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: AH NEW CREEPYPASTA !

Mensagem por Zaraki em Qui 26 Jul 2012, 11:10 pm

concordo com o Nikyo..topico inutil
avatar
Zaraki
Civil

Mensagens : 2162
Pontos : 2807
Reputação : 0
Data de nascimento : 25/03/1996
Data de inscrição : 02/06/2011
Idade : 21
Localização : nunca sei

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: AH NEW CREEPYPASTA !

Mensagem por Thomas N. em Qui 26 Jul 2012, 11:18 pm

- Zaraki, tira esta foto ! Você não é mulher, e ainda bota um ecchi ? Pelo amor de deus .. ¬¬
avatar
Thomas N.
Civil

Mensagens : 1323
Pontos : 1568
Reputação : 27
Data de nascimento : 05/09/1997
Data de inscrição : 26/04/2012
Idade : 20
Localização : Jaya - Grand Line

http://mafagafoamarelo.tumblr.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: AH NEW CREEPYPASTA !

Mensagem por Zaraki em Qui 26 Jul 2012, 11:19 pm

Vocês quiseram ver o avatar,não se lembra antes de ontem,eu,você Hizumy e Sly....você e o Hizumy-chan queriam ver o avatar da Robin echii.... vo colocar uma outra hehe
avatar
Zaraki
Civil

Mensagens : 2162
Pontos : 2807
Reputação : 0
Data de nascimento : 25/03/1996
Data de inscrição : 02/06/2011
Idade : 21
Localização : nunca sei

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: AH NEW CREEPYPASTA !

Mensagem por Thomas N. em Qui 26 Jul 2012, 11:31 pm

- Vocês o caramba, eu não quis, e Sly quis, e o Hizumy falou " faz o que você quiser ". Isto é desnecessário, e chega a ser desrespeitante.
avatar
Thomas N.
Civil

Mensagens : 1323
Pontos : 1568
Reputação : 27
Data de nascimento : 05/09/1997
Data de inscrição : 26/04/2012
Idade : 20
Localização : Jaya - Grand Line

http://mafagafoamarelo.tumblr.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: AH NEW CREEPYPASTA !

Mensagem por Zaraki em Qui 26 Jul 2012, 11:35 pm

aham sei.....

Desrespeitantes o que? ter avatar de mulher? esse avatar nem ta mostrando direito só ta mostrando o tamanho nem o bagulho mostra... os outros que eu tenho que mostra melhor que esse.... mas vou deixar assim... pois não tenho outro avatar a não ser mais um da Robin e 2 signs dela do mesmo tipo...se voce ou alguem quiser(menos o Mana) fazer um avatar para mim eu agradeço
avatar
Zaraki
Civil

Mensagens : 2162
Pontos : 2807
Reputação : 0
Data de nascimento : 25/03/1996
Data de inscrição : 02/06/2011
Idade : 21
Localização : nunca sei

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: AH NEW CREEPYPASTA !

Mensagem por Black.D.Mana em Qui 26 Jul 2012, 11:49 pm

PRA QUE APAGA O RED GOSTO '-' POXA DEU TRABALHO PRA FAZE ESSAS COISAS '-'
QUE COISA POR FAVOR NÃO APAGUEM !

-----------------------------------------------------------

(Rules of nature)

And they run when the sun comes up
With their lives on the line
(Alive)
For a while
(No choice)
Gotta follow the laws of the wild
(Alive)
With their lives on the line
(No choice)
Out here only the strong survive

What’s done is done
Survived to see another day
The dance of life
The hunter and the agile prey
No guarantee
Of which of them will succeed
Strong or weak
avatar
Black.D.Mana
Civil

Mensagens : 864
Pontos : 1063
Reputação : 2
Data de nascimento : 01/10/1999
Data de inscrição : 27/06/2011
Idade : 18
Localização : Loguetown

http://onepiececoliseum.forumeiros.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: AH NEW CREEPYPASTA !

Mensagem por Black.D.Mana em Qui 26 Jul 2012, 11:55 pm

ULTIMO POST QUE EU FIZ SOBRE ISSO TODO MUNDO CURTIU '-'

ATÉ O ZARAKI FALO UMAS COISAS QUE EU NUM LEMBRO
ATÉ O NIGHTMARE LIHT,KIRA,ACHO QUE O KYON,RED,RUFFY E ETC '-'

-----------------------------------------------------------

(Rules of nature)

And they run when the sun comes up
With their lives on the line
(Alive)
For a while
(No choice)
Gotta follow the laws of the wild
(Alive)
With their lives on the line
(No choice)
Out here only the strong survive

What’s done is done
Survived to see another day
The dance of life
The hunter and the agile prey
No guarantee
Of which of them will succeed
Strong or weak
avatar
Black.D.Mana
Civil

Mensagens : 864
Pontos : 1063
Reputação : 2
Data de nascimento : 01/10/1999
Data de inscrição : 27/06/2011
Idade : 18
Localização : Loguetown

http://onepiececoliseum.forumeiros.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: AH NEW CREEPYPASTA !

Mensagem por Pedro L. Panigassi em Sex 27 Jul 2012, 12:25 am

Sem querer me meter, mais a zona flood não é pra postar coisas inúteis? Pelo que eu sei aki pode postar "bobagens" dentro dos limites.

-----------------------------------------------------------


"Niguém baterá tão forte quanto a vida. Porém, não se trata de quão forte pode bater, se trata de quão forte pode ser atingido e continuar seguindo em frente. É assim que a vitória é conquistada."

-Rocky Balboa
avatar
Pedro L. Panigassi
Civil

Mensagens : 705
Pontos : 847
Reputação : 4
Data de nascimento : 31/08/1999
Data de inscrição : 23/07/2012
Idade : 18

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: AH NEW CREEPYPASTA !

Mensagem por Black.D.Mana em Sex 27 Jul 2012, 1:05 am

COMO ASSIM CARA !

ISSO É ALGO QUE É EM OFF '-'

-----------------------------------------------------------

(Rules of nature)

And they run when the sun comes up
With their lives on the line
(Alive)
For a while
(No choice)
Gotta follow the laws of the wild
(Alive)
With their lives on the line
(No choice)
Out here only the strong survive

What’s done is done
Survived to see another day
The dance of life
The hunter and the agile prey
No guarantee
Of which of them will succeed
Strong or weak
avatar
Black.D.Mana
Civil

Mensagens : 864
Pontos : 1063
Reputação : 2
Data de nascimento : 01/10/1999
Data de inscrição : 27/06/2011
Idade : 18
Localização : Loguetown

http://onepiececoliseum.forumeiros.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: AH NEW CREEPYPASTA !

Mensagem por Thomas N. em Sex 27 Jul 2012, 10:43 am

- Pedro, mesmo aqui sendo um local para este tipo de coisas, isto é algo TOTALMENTE desnecessário. Entenda que quando ha bobagens demais, elas não devem permanecer aqui. u-u
avatar
Thomas N.
Civil

Mensagens : 1323
Pontos : 1568
Reputação : 27
Data de nascimento : 05/09/1997
Data de inscrição : 26/04/2012
Idade : 20
Localização : Jaya - Grand Line

http://mafagafoamarelo.tumblr.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: AH NEW CREEPYPASTA !

Mensagem por Wendy C. em Sex 27 Jul 2012, 11:15 am

O tópico é para postar bobagens não comprometendo o rpg do fórum, não há necessidade de apagar isso aqui, pois as razões seriam apenas porque o conteúdo dele não lhe interessa. Nikyo, o avatar do Zaraki é normal e não desrespeita ninguém, ele no caso não desrespeita nem mesmo o personagem contido na imagem pois não foi ele quem a fez. .-. Zaraki, se quiser que faço um avatar pra ti, só me falar qual teu personagem no rpg.
avatar
Wendy C.
Civil

Mensagens : 197
Pontos : 225
Reputação : 2
Data de nascimento : 22/10/1998
Data de inscrição : 27/05/2012
Idade : 19
Localização : Micqueot, North Blue

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: AH NEW CREEPYPASTA !

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 6 1, 2, 3, 4, 5, 6  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum